sexta-feira, 8 de abril de 2011

3 #ficadica's


#ficadica 1:

Imagine a seguinte situação:
É uma linda manhã de sol e você está passeando em La Rochelle, uma região ao oeste da França (eu disse: use a imaginação), mais precisamente, no chamado Butte Montmartre. Quando de repente, não mais que de repente, uma loirinha, com seu estilo meio hippie, de roupas largas, começa a cantar esta música, acompanhada por mais dois músicos: um tocando cello e outro violão (eu acho que aquilo é um violão). Ela tem uma voz grave, meio rouca. Canta de um jeito meio despretensioso, levado. E, ainda por cima, no meio da música, começa a fazer um trompete imaginário. Essa é a ZAZ em um vídeo de 4:01 minutos. Que louco não?!
Recebi essa indicação de música do Felipov, aquele lindo, numa das nossas conversas virtuais sobre música e literatura, literatura e música. E, como eu disse em algum tweet que se perdeu na minha timeline: e eu, que nunca fui dada a gostar do idioma francês, passei a ouvir enlouquecidamente a ZAZ e o seu trompete imaginário... Se vocês curtiram, como eu curti, e querem ouvir mais a ZAZ, baixem o único cd dela aqui.

#ficadica 2:
A quem não sabe, tenho o costume de ouvir rádio. Particularmente, ouço com freqüência duas estações: a Cultura 93.7 e a UNAMA 105.5. Numa dessas minhas audições, ouvi uma música com estilo de samba. Mais uma vez, não tinha como anotar o nome da cantora, só que desta vez consegui decorá-lo: Marcela Bellas, uma cantora baiana. Google meu oráculo-mor indicou-me o caminho e mostrou-me este site. Nele você pode ouvir todo o cd “Será que Caetano vai gostar?”. A idéia do site e o design que ele apresenta encantaram-me de cara. Ouvi todo o cd numa madrugada insone. Gostei demais e acho que é uma das informações que devem ser repassadas, com certeza. Só mais uma coisa: se quiserem baixar as músicas, acessem aqui.

#ficadica 3:
Este é o segundo post e eu já indiquei três cantoras. Acho que está na hora de dar voz aos homens, não é mesmo? Pois bem, sabe aquelas músicas que ouvimos várias vezes, gostamos das letras, da voz, mas que por alguma razão que não sabemos explicar, nunca fomos atrás de conhecer quem canta? Então... minha relação com Vitor Ramil, cantor e compositor gaúcho, começou assim. Já havia ouvido várias vezes algumas canções dele e gostava bastante do que ouvia. Só que até então nunca tinha me despertado a idéia de ir atrás de conhecer mais – até pouco tempo atrás. Numa das minhas noites insones e insanas, resolvi que estava na hora de acabar com isso. Aí, já viu né? Baixei logo TRÊS cd’s dele. Baixei Tango (1987), Ramilonga (1997) e Tambong (2000). Particularmente, gostei mais do último. Ao todo, ele tem 9 cd’s lançados. Ainda não ouvi os mais recentes e nem procurei baixá-los, quero curtir mais um pouco o Tambong... Mas se vocês ficaram interessados, fica a dica.

Reclamações, sugestões e xingamentos, por favor, mais abaixo.

4 comentários:

Thiago César disse...

desses aí eu só conheço o victor ramil, e nao muito. só conheci por causa de sua parceria com a kátia b. mas lembro q ha alguns anos atrás eu fui a um show dele no BNB aqui em fortaleza. muito bom!

CA Ribeiro Neto disse...

Muito boas recomendações! Já seria óbvio que eu gostaria mais da Marcela Bellas, bem meu estilo, mas o site dela é incrível! Muito profissional!

E eu preciso aprender a fazer aquele trompete com a mão...

beijos

Thayanne Freitas disse...

Sempre tive paixão pelo idioma francês e quando Camila me apresentou a música de Zaz fiquei radiante,uma cantora original e uma música bem gostosa de se ouvir :D Na verdade as três dicas do post foram repassadas por Camila (e fico feliz de recebê-las em primeira mão).Gostei muito do estilo de Marcela Bellas e quanto ao Vitor Ramil só consegui baixar o cd dele hoje e ainda não o ouvi com muita atenção. Mas dicas vindas de Camila só pode ser coisa boa!! :P

Minha playlist não será a mesma depois desses domingos musicais!!

bj

Denise Monteiro disse...

Camilinha, adoro o teu tom de humor no texto! Por outro lado, senti-me "pobre" culturalmente, pois não conheço nenhum desses seus artistas citados... Precisamos fazer uma troca: mostro-te o melhor do rock e você estas preciosidades das quais nem sei o gênero... ehehehe

Beijinhos!